Viaduto de Coelho Neto – 1969

Imagem

Ônibus invade calçada do viaduto de Coelho Neto para fugir dos buracos. Acervo do Correio da Manhã – Arquivo Nacional.

 

Em reportagem do jornal Correio da Manhã do dia 22 de fevereiro de 1969, moradores protestavam contra o abandono de Coelho Neto pelas autoridades. Uma das queixas era da quantidade de buracos nas ruas, o que obrigava os veículos a trafegarem sobre as calçadas, conforme podemos ver na foto acima: um ônibus com destino a Belford Roxo na antiga rua Taiaçu, já rebatizada de avenida Brasil, em frente à Escola General Osório, invade o passeio. A imagem pertence ao acervo do jornal mantido pelo Arquivo Nacional.

Você também pode ajudar a preservar a história do bairro, enviando imagens antigas, documentos, informações ou relatos para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Anúncios

Avenida Brasil – 1976 (2)

Imagem

Av. Brasil vista da passarela, em 1976. Acervo de Leila Bordoni da Silva.

Outra foto de 1976 com a Avenida Brasil vista a partir da passarela, atualmente chamada de Passarela 28. No canto direito, a esquina da Rua Bertichen, que é parte da antiga Rua 13. A foto faz parte do acervo de Leila Bordoni da Silva.

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Avenida Brasil – 1976

Imagem

Av. Brasil, próximo à Rua Ribeyrolles, em 1976. Acervo de Leila Bordoni da Silva.

Nesta foto do acervo de família de Leila Bordoni da Silva, temos uma visão da Avenida Brasil a partir da passarela, que hoje recebe o número 28, próximo à Rua Ribeyrolles. Ao fundo e à esquerda, os prédios do IAPC.

 

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Viaduto de Coelho Neto – 1978

Imagem

Ponto de ônibus no viaduto de Coelho Neto em 1978. Acervo pessoal de Lia Sampaio.

Quem nunca ficou esperando ônibus debaixo de sol ou chuva na avenida Brasil, não sabe o que é morar em Coelho Neto. Essa foto foi enviada pela nossa leitora Lia Sampaio, e nela vemos o ponto de ônibus no viaduto de Coelho Neto, pista sentido zona oeste, no ano de 1978. No fundo, roubando a cena, a querida escola General Osório.

Você também pode ajudar a preservar a história do bairro, enviando imagens antigas, documentos, informações ou relatos para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/cnmemorias. As futuras gerações agradecerão!

 

Viaduto de Coelho Neto – 1951 (2)

Imagem

Viaduto de Coelho Neto ainda em construção, em 1951. Acervo da família Espagolla.

Esta fotografia foi tirada em 1951, e nos foi enviada pelo amigo Rodrigo Espagolla, a quem mais uma vez agradecemos. O local é o viaduto de Coelho Neto, que estava sendo construído como parte da avenida das Bandeiras, futura avenida Brasil. Para saber mais sobre o viaduto, leia a História do Gigante de Pedra.

Em segundo plano vemos as casas do lado ímpar da então rua Taiaçu (antiga rua 9) e mais ao fundo os prédios do IAPC. Do lado direito, seria a chaminé da Panificadora Pioneira?

Você também pode ajudar a preservar a história do bairro, enviando imagens antigas, documentos, informações ou relatos para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Desabrigados sob o Viaduto – 1959 (2)

Imagem

Família desabrigada se protege sob o viaduto de Coelho Neto. Fonte: Jornal Última Hora / Arquivo Público de SP.

Em maio de 1959, fortes chuvas fizeram com que o rio Acari subisse 2 metros, inundando diversas moradias nas proximidades. Alguns desabrigados tiveram que buscar proteção sob o viaduto de Coelho Neto, como pode ser visto nessa foto.

Em primeiro plano, os trilhos da antiga ferrovia Rio d’Ouro; no fundo, parte do terreno da antiga Fazenda Areal, onde hoje existe o CIEP Antônio Candeia Filho. Podemos perceber também que o viaduto já havia sido duplicado.

A imagem é de autoria do fotógrafo Gomes, da equipe do jornal Última Hora, e faz parte do acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Se possuir fotos antigas ou informações históricas de Coelho Neto, envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com que publicaremos aqui com os devidos créditos.

 

Desabrigados sob o Viaduto – 1959

Imagem

Desabrigados pela enchente se abrigam sob o viaduto. Fonte: Jornal Última Hora / Arquivo Público de SP.

Já em 1959 a população de Coelho Neto e adjacências sofria com a enchente do rio Acari. Esta fotografia foi tirada em 20 de maio daquele ano, quando uma forte chuva desabrigou centenas de pessoas que viviam próximas ao rio. Segundo o jornal última Hora, algumas famílias buscaram abrigo sob o viaduto, enquanto outras foram acolhidas por moradores do IAPC. A Viação Jacaré enviou um ônibus, que fazia a linha Coelho Neto x Castelo, para ajudar na remoção dos desabrigados. É triste constatar que quase 60 anos se passaram e a situação de enchentes na região não foi resolvida.

A imagem é de autoria do fotógrafo Gomes, da equipe do jornal Última Hora, e faz parte do acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Se possuir fotos antigas ou informações históricas de Coelho Neto, envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com que publicaremos aqui com os devidos créditos.