Barraca do Paulinho – Década de 1980

Imagem

Paulinho na avenida Brasil, próximo à sua barraca. Acervo pessoal de Lucas Souza.

Nos anos 1980 e 1990, Paulinho e seu irmão Luciano tinham um bar e mercearia, conhecido como Barraca do Paulinho, na rua Ribeyrolles (antiga rua 13). O pai deles, Sr. Josias, também foi dono de uma mercearia na avenida dos Italianos, no acesso ao Morro União (Jorge Turco).

Na foto acima, gentilmente enviada por Lucas Souza, Paulinho está próximo ao seu bar, com a avenida Brasil ao fundo. As pessoas passavam pelo seu estabelecimento para cortar caminho e chegar à rua Ribeyrolles.

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Anúncios

Barraca do Paulinho – Década de 1990 (2)

Imagem

Paulo Roberto Galdino Souza, proprietário da Barraca do Paulinho, em frente ao seu estabelecimento na década de 1990. Acervo pessoal de Lucas Souza.

Este na foto é Paulo Roberto Galdino Souza, o Paulinho, em frente ao seu bar e mercearia, a Barraca do Paulinho, estabelecimento que ficava em uma passagem entre a avenida Brasil e a rua Ribeyrolles. Ele era muito conhecido na Fazenda Botafogo e região nos anos 1980 e 1990.

A fotografia foi enviada por seu filho, Lucas Souza, como uma homenagem ao pai, já falecido. Os clientes e amigos do Paulinho certamente gostarão de revê-lo nessa bela imagem.

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Barraca do Paulinho – Década de 1990

Imagem

Barraca do Paulinho, no início dos anos 1990. Acervo pessoal de Lucas Souza.

O leitor Lucas Souza nos enviou algumas fotografias do estabelecimento comercial que seu pai possuía nos anos 1980 e 1990. O local era conhecido como Barraca do Paulinho, e ficava em um imóvel entre a rua Ribeyrolles e a avenida Brasil, próximo à passarela 28. Era comum as pessoas passarem pelo local para cortar caminho entre as duas vias.

Além do armazém com o tradicional “totó”, podemos observar uma banca de jornais que ficava na avenida Brasil e o detalhe de um prédio da Fazenda Botafogo.

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Avenida Brasil – 1976 (2)

Imagem

Av. Brasil vista da passarela, em 1976. Acervo de Leila Bordoni da Silva.

Outra foto de 1976 com a Avenida Brasil vista a partir da passarela, atualmente chamada de Passarela 28. No canto direito, a esquina da Rua Bertichen, que é parte da antiga Rua 13. A foto faz parte do acervo de Leila Bordoni da Silva.

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Avenida Brasil – 1976

Imagem

Av. Brasil, próximo à Rua Ribeyrolles, em 1976. Acervo de Leila Bordoni da Silva.

Nesta foto do acervo de família de Leila Bordoni da Silva, temos uma visão da Avenida Brasil a partir da passarela, que hoje recebe o número 28, próximo à Rua Ribeyrolles. Ao fundo e à esquerda, os prédios do IAPC.

 

Se você também tem imagens antigas do bairro e quer publicá-las aqui, por favor envie para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou por mensagem no Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.

 

Viaduto de Coelho Neto – 1978

Imagem

Ponto de ônibus no viaduto de Coelho Neto em 1978. Acervo pessoal de Lia Sampaio.

Quem nunca ficou esperando ônibus debaixo de sol ou chuva na avenida Brasil, não sabe o que é morar em Coelho Neto. Essa foto foi enviada pela nossa leitora Lia Sampaio, e nela vemos o ponto de ônibus no viaduto de Coelho Neto, pista sentido zona oeste, no ano de 1978. No fundo, roubando a cena, a querida escola General Osório.

Você também pode ajudar a preservar a história do bairro, enviando imagens antigas, documentos, informações ou relatos para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/cnmemorias. As futuras gerações agradecerão!

 

Viaduto de Coelho Neto – 1951 (2)

Imagem

Viaduto de Coelho Neto ainda em construção, em 1951. Acervo da família Espagolla.

Esta fotografia foi tirada em 1951, e nos foi enviada pelo amigo Rodrigo Espagolla, a quem mais uma vez agradecemos. O local é o viaduto de Coelho Neto, que estava sendo construído como parte da avenida das Bandeiras, futura avenida Brasil. Para saber mais sobre o viaduto, leia a História do Gigante de Pedra.

Em segundo plano vemos as casas do lado ímpar da então rua Taiaçu (antiga rua 9) e mais ao fundo os prédios do IAPC. Do lado direito, seria a chaminé da Panificadora Pioneira?

Você também pode ajudar a preservar a história do bairro, enviando imagens antigas, documentos, informações ou relatos para o e-mail coelhoneto.rj@gmail.com ou pelo Facebook em www.facebook.com/cnmemorias.